segunda-feira, 9 de março de 2015

O que está sendo inscrito em seu filho?


É responsabilidade dos pais e tão-somente deles guardar os filhos que Deus lhes deu. Haverá um tempo em que Deus irá chamá-los para Ele. Eles ouvirão? E os que ouvirem em que condições se apresentarão? Não sabemos quantos anos passarão até esse dia chegar. Os pais não precisam ficar aflitos quanto a isso. O tempo, o momento e a ocasião pertencem a Deus. O mais importante é saber que todos eles terão sua oportunidade.  Deixemos o assunto do tempo com Deus e nos preocupemos em criar as condições necessárias para que nossos filhos estejam lá no dia em que Deus resolver separá-los dos demais. O intervalo desde o instante em que Deus os colocou em nossas mãos até o glorioso dia de seu chamamento é delicado e muito importante. O que os pais devem fazer de prático nesse intervalo? Orar bastante por eles e gastar todo o tempo trabalhando na consciência deles.  A consciência pode ser comparada a uma folha de papel em branco. O que for escrito nela ficará registrado e pronto. Os pais devem esforçar-se para chegar primeiro. Quem chegar primeiro praticamente demarcará o território e lançará os primeiros fundamentos na consciência dos filhos, principalmente do ponto de vista do certo e do errado. Se não nos adiantarmos para inscrever primeiro, o mundo, os colegas e a televisão – nossos concorrentes – o farão com prazer.

“No mundo passais por aflições; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” João 16.33


Como você pode experimentar o Senhor Jesus Cristo na atual situação em que você se encontra, Ele que é maior que todos os seus temores, aflições e problemas insolúveis? Resposta: falando com Ele sobre todos esses assuntos! Você experimentará a Jesus como maior que tudo na medida em que contar tudo a Ele. Eu também não posso resolver os meus problemas, mas posso contá-los a Jesus. E, dizendo tudo a Ele, da maneira simples como uma criança, Ele toma os meus problemas num processo de troca, dando-me Sua alegria e Sua paz.